QUARTO {BABY} ESTILO MONTESSORIANO

05:01



          Olá gente linda, o post de hoje foi pensado para todos aqueles que acreditam que o método Montessori é a melhor maneira de educar e criar os seus filhos. O método pode ser aplicado no quarto do bebê/criança, assim como também existem escolas que utilizam esse método em sua filosofia de educação.
          No post, vou explicar um pouco sobre o método e expor algumas ideias de quartos para que vocês possam se inspirar e quem sabe aderir a esse método.

          O MÉTODO -  O método Montessori consiste na junção de teorias, práticas e materiais didáticos idealizados por Maria Montessori. Maria Montessori  (1870-1952) uma das primeiras mulheres a se formar em medicina na Itália. O método surgiu a partir da realização de observações de Maria nas quais, ela levava em consideração as seguintes questões:


                              - A criança aprende por si mesma, através do seu processo natural de desenvolvimento e períodos sensíveis;
                             - Cada criança possui o seu próprio ritmo, que deve ser respeitado;
                             - O ambiente deve ser adequado e propício ao aprendizado e desenvolvimento e atender as necessidades específicas das crianças.

        
     
            PRINCIPIOS - A educação segundo o método de Maria Montessori tem como referencial o desenvolvimento de princípios positivos nas crianças, tais como:

             O amor ao trabalho – “A atividade da criança é impulsionada por si própria e não pela vontade do mestre”  – O espirito absorvente da Criança, Maria Montessori, Desclée de Brouwer, 2003
             A educação Montessori não impõe limites às iniciativas espontâneas tomadas pela criança. A criança pode passar dias a empilhar cubos até conseguir dominar as formas, a lógica da sequencia (do maior para o menor), ter noção dos tamanhos para, enfim, realizar a construção por completo. Ele é autor do seu próprio aprendizado e a sua concentração se iguala ao seu amor por chegar ao fim de cada exercício.



              A autonomia – O aprendizado autônomo é a peça chave da educação de uma criança. O ambiente preparado é o conceito fundamental para que a criança desenvolva o seu potencial. Cada objeto presente numa classe Montessoriana foi concebido para a criança. A disposição dos materiais em prateleiras e o espaço do seu quarto possibilita o desenvolvimento da autonomia. Autonomia para se mover e se instalar. A criança decide trabalhar sentada ou em pé, num tapete ou cadeira.  Os materiais autocorretivos favorecem o aprendizado individual e a concentração.


               O respeito a si mesmo e aos outros – Favorecer o respeito e cuidado pelo ambiente são essenciais na pedagogia Montessoriana. O respeito pelo material e pelo trabalho dos outros também  é cultivado desde cedo. Os materiais são belos, bem acabados e alguns são frágeis. A criança aprende a cuidar do que lhe é disponibilizado e a aguardar quando o material esta sendo utilizado por outra criança. Treina-se o desenvolvimento visual (o belo), a paciência e a atenção da criança.

                As capacidades sensoriais – “A educação sensorial é necessária, como base da educação estética e da educação moral. Ao multiplicar as sensações e ao desenvolver a capacidade de apreciar as mais ínfimas diferenças entre os estímulos, afinamos a sensibilidade.” Maria Montessori, Pedagogia Cientifica (tomo 2, 2007), Desclée Brouwer.
                 O material desenvolve todos os sentidos das crianças. O tocar, o ouvir, os cheiros, a visão, o paladar. A criança descobre por si mesma os conceitos de base de matemática ou de física pelas atividades sensoriais.
              

              A autodisciplina – O ambiente e o método encorajam o aprendizado e a autodisciplina da criança. O ambiente convida a criança a se controlar, a dominar seus gestos, seus deslocamentos, sua energia. Graças a este princípio, a educação Montessori permite o desenvolvimento natural dos valores positivos nas crianças.
                Para Maria Montessori, o importante é criar as condições no ambiente da criança para que ela responda aos períodos sensíveis e também apresentar atividades adaptadas, afim de que seu desenvolvimento possa se realizar nas melhores condições.


            
               EM CASA - A aplicação da pedagogia Montessori em casa é, antes de mudar o olhar sobre a criança, é mudar o nosso estado de espírito enquanto pais.

                 Alguns princípios para a aplicação da pedagogia em casa:

               Tenha confiança no seu filho
        
         – Ao preparar um ambiente propício, ao retirar do seu alcance os objetos que representam perigo ou que são muito frágeis e adaptar as instalações e objetos da vida cotidiana à criança, permitindo com que ela faça sozinha e em segurança.

         – Ao apresentar os objetos do seu meio familiar e o seu modo de utilização, ensinando de forma lenta e precisa a maneira correta de utilizá-los.

         – Ao respeitar a atividade espontânea e os períodos sensíveis que ele atravessa.


                            O QUARTO

  • Deve ser bem organizado, agradávelseguro para que a criança possa explorá-lo;

  • cama deve ser baixa ou o colchão deve estar no chão para que a criança tenha a liberdade de movimentar-se, dormir e acordar sozinha. Evita-se o uso do berço, pois este limita o campo de visão da criança e impede o desenvolvimento de sua autonomia.

  • A partir de cinco anos, pode colocar um saco de dormir ao invés de lençóis ou cobertores. Isto pode ajudar a criança a arrumar a cama sozinha.


  • Instalar um pequeno porta-casacos na altura da criança e um espelho. Para bebês, o espelho deve estar na horizontal; para as crianças maiores que já conseguem ficar em pé, o espelho deve ser fixado na vertical.


  • Colocar quadros harmoniosos, com imagens de boa qualidade, que tenham crianças ou animais (verdadeiros e não desenhos ''animados''). Colocar na altura da criança para que ela possa apreciar.


  • Não utilizar  baús ou caixas para colocar todos os brinquedos desordenadamente. Isto causa a sensação de desordem. Privilegie as estantes baixas para dispor livros e brinquedos. Organize os brinquedos e jogos em caixas adaptadas de preferência transparentes; use etiquetas que identifiquem o que há dentro das caixas ou cestos. Disponibilize poucos brinquedos e que correspondam à etapa de desenvolvimento da criança e adote o rodízio.


  • Cômodas e gavetas devem estar na altura da criança para que ela consiga olhar o que tem dentro e possa vestir-se sozinha. Etiquetas com imagens também ajudam a criança a compreender o que tem dentro das gavetas.


  • Encoraje a criança a colher flores do campo para decorar seu quarto com pequenos vasos.


  • Reserve um espaço para um pequeno museu natural. A criança poderá colocar as pedrinhas, grãos, conchas ou penas que encontram durante os passeios.








                                                               INSPIRAÇÕES




                      QUARTO DO LUCCA ABBRUZZINI - INSTAGRAM @mundodolucca

















               Espero que tenham gostado, lembrando que vale sempre estudar mais sobre esse método tão bonito.





Fontes: https://larmontessori.com/o-metodo/
             https://www.soumae.org/resumo-metodo-montessori/
            http://dicaspaisefilhos.com.br/bebes-e-criancas/como-fazer-um-quarto-montessoriano/
            


                            

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

CONTATO

E-mail : juh_braun@yahoo.com.br
Telefone : 051-998023775

Subscribe